Regulagem

TRE-PR marca auditoria pública em urnas eletrônicas de quatro seções eleitorais

terça-feira, outubro 16, 2018
Determinação do desembargador Gilberto Ferreira foi feita após pedido de uma comissão provisória do Partido Social Liberal (PSL); auditoria será no dia 19 de outubro, em Curitiba.

Na decisão, o desembargador também citou procedimentos que são realizados pelo TRE-PR para garantir a lisura do processo de votação eletrônica — Foto: Rodolfo Buhrer/LA IMAGEM/FOTOARENA/AE
O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) vai realizar uma auditoria pública em urnas eletrônicas de quatro seções usadas no 1º turno das Eleições 2018. A verificação será na sede do tribunal, em Curitiba, dia 19 de outubro, às 8h.

A determinação do desembargador Gilberto Ferreira, corregedor regional eleitoral, é de quarta-feira (11). O pedido foi feito por uma comissão provisória do Partido Social Liberal (PSL).

Conforme o despacho, há relatos de que as urnas concluíram o procedimento de votação "imediatamente após a digitação dos dois números para candidato à Presidência da República, sem que o eleitor digitasse a tecla 'confirma'".

A decisão indica que as urnas que passarão pela auditoria são das seções 654 e 664, da 1ª Zona Eleitoral de Curitiba, e da seção 292, da 9ª Zona Eleitoral de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba.


A quarta seção indicada, a de número 311, não teve a zona eleitoral citada no pedido. Mesmo assim, o desembargador determinou a auditoria e solicitou que fosse informado o local, visto que várias zonas eleitorais têm seção com o número.

Na decisão, o desembargador também citou procedimentos que são realizados pelo TRE-PR para garantir a lisura do processo de votação eletrônica, como eventos, fiscalizações e auditorias antes das eleições.

"Muito mais que o desejo da requerente, o Tribunal Regional Eleitoral tem o dever de processar e apurar todas as denúncias de irregularidades que possam macular o processo eleitoral, não só para punir eventuais infratores, como para corrigir e aprimorar o sistema para os próximos pleitos eleitorais", diz trecho.

O corregedor afirma que a auditoria deverá certificar se os sistemas instalados nas urnas são os mesmos que foram lacrados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), se as urnas estavam em perfeitas condições de uso e funcionamento, além de verificar indícios de fraude no sistema.

A verificação contará com três técnicos indicados pelo TSE, outros três indicados pelo TRE-PR, um da Polícia Federal (PF) e outro indicado pelos partidos dos candidatos presidenciáveis.

Antes da auditoria, haverá uma audiência pública no dia 18, às 14h, também na sede do TRE-PR. Representantes de diversos órgãos públicos e associações foram convidados pelo tribunal.

Por Ederson Hising, G1 PR
Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Publicidade

Publicidade

PMA - FESTA DO TRABALHADOR 2018

Para festejar o dia do trabalhador, só mesmo uma grande festa !

Publicado por TV Cidade SBT em Terça-feira, 24 de abril de 2018
Acidentes (845) Altamira (1092) Anapu (68) Belo Monte (233) Belo Sun (15) Brasil (2920) Brasil Novo (717) Celebridades (166) Ciência (246) Cinema (82) Clima e Tempo (59) Curiosidades (1558) Desaparecidos (16) Eleições (624) Esporte (90) Governo Federal (770) Ibama (72) Imprensa (174) Internet (618) Itaituba (223) Justiça (1101) Marabá (53) Medicilândia (230) Mundo (1243) Música (169) Norte Energia (192) Novo Repartimento (31) Pacajá (53) Pará (1195) Placas (53) Polícia (2639) Política (2457) Porto de Moz (30) Religião (656) Rurópolis (76) Santarém (252) SBT (337) Sexo (74) Souzel (45) Tecnologia (328) Televisão (472) Transamazônica (410) Tucuruí (61) Uruará (365) Vitória do Xingu (149)

Postagem em destaque

Helder lidera em nova pesquisa para governador do Estado

Helder Barbalho (PMDB) lidera na nova pesquisa sobre a preferência do eleitorado paraense nas eleições deste ano ao governo do Estado. Na in...