Notícias de Última Hora

Assassinado com três tiros na cabeça


Na tarde de ontem foi registrado um homicídio na cidade de Castanhal, região do nordeste paraense. A vítima foi identificada como Heytor Murylo Silva dos Santos, de idade não divulgada pela polícia. Era por volta das 16h45 quando policiais militares receberam uma ligação, via 190, dando conta que populares haviam escutado disparos de arma de fogo em uma área de matagal na altura do km 7 da rodovia PA-136, mais conhecida como rodovia Castanhal/Curuçá.

No local, policiais de serviço na viatura 0513 encontraram o corpo. Durante a remoção para o Instituto Médico Legal (IML), peritos detectaram ao menos três perfurações provocadas por disparos de arma de fogo na cabeça da vítima, que trajava seu uniforme de trabalho, como: bermuda, blusa, botas e crachá. Uma tesoura, também material de trabalho, foi encontrada ao lado do corpo.

Mais cedo, por volta do meio-dia, Heytor Murylo Silva dos Santos saiu de seu local de trabalho para ir à sua casa, no bairro Imperador, almoçar. Mas ele, no meio do caminho, próximo ao ginásio poliesportivo do bairro Ianetama, foi abordado por homens desconhecidos que estavam em um carro modelo Palio, de cor vermelha. Os homens colocaram Heytor à força dentro do carro e saíram com ele dentro do veículo pela cidade. Horas depois, Heytor foi encontrado morto.

DETIDO

Semana passada, uma guarnição da Polícia Militar deteve Heytor Murylo Silva dos Santos pelo fato de ele ter sido encontrado dentro de uma casa, no bairro Imperador, onde, no imóvel, foi encontrada uma motocicleta com registro de roubo. Dentro da casa estavam outras três pessoas, que também foram encaminhadas à delegacia, sendo que Heytor foi colocado em liberdade, mas acabou sendo assassinado ontem. O assassinato foi registrado na Delegacia de Polícia Civil do centro de Castanhal, mas será investigado pela Divisão de Homicídios (DH) da mesma cidade.


(Tiago Silva/Diário do Pará)