Notícias de Última Hora

Ernesto Araújo promete exame minucioso em falcatruas no Itamaraty


O futuro ministro das Relações Exteriores respondeu aos comentários críticos do ex-chanceler petista Celso Amorim.


“Celso Amorim diz que represento um retorno à Idade Média. Não entendi se é crítica ou elogio”, declarou Ernesto Araújo, indicado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro para chefiar o Itamaraty.


O diplomata estava se referindo aos comentários feitos recentemente pelo ex-chanceler Celso Amorim.

Para Amorim, caso as posições de Araújo e de Bolsonaro sejam colocadas em prática, representariam a “volta à Idade Média”.

“Informo que não retornaremos à Idade Média, pois temos muito a fazer por aqui”, respondeu o embaixador Ernesto Araújo.

Em mensagem no Twitter, o futuro ministro das Relações Exteriores prometeu um exame minucioso do Itamaraty em busca de possíveis falcatruas cometidas durante a gestão do petista Amorim.


Celso Amorim diz que represento um retorno à Idade Média. Não entendi se é crítica ou elogio, mas informo que não retornaremos à Idade Média, pois temos muito a fazer por aqui, a começar por um exame minucioso da “política externa ativa e altiva” em busca de possíveis falcatruas.

Com informações Renova Mídia