Regulagem

Municípios paraenses devem receber 1% extra do FPM

sexta-feira, novembro 30, 2018

Deve ser creditado até o dia 7 de dezembro, o 1% adicional do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A conquista do movimento municipalista representará o depósito de pouco mais de R$ 146 milhões nas contas das 144 prefeituras paraenses, segundo estimativa da Federação das Associações de Municípios do Estado do Pará (Famep). A previsão da entidade é feita com base em informações divulgadas pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN).


O repasse extra de 1% é fruto de uma luta intensa do movimento municipalista e culminou com a aprovação das Emendas Constitucionais 55/2007 e 84/2014. Essas medidas alteraram o artigo 159 da Constituição Federal e elevaram, gradativamente, os recursos repassados pela União para o Fundo.


Segundo o presidente da Famep e prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, a entidade continuará lutando junto com a Confederação Nacional de Municípios (CNM) para que o Congresso Nacional aprove também o 1% extra referente ao mês setembro. “O Movimento Municipalista observa que este é o mês com a maior queda do FPM, por isso é fundamental alcançar mais esta importante conquista que vai ajudar nossos municípios”, afirmou.

Presidente da Famep e prefeito de Santarém, Nélio Aguiar,
Entenda

Os Municípios recebem todos os anos nos meses de julho e dezembro 1% da arrecadação de Imposto de Renda (IR) e Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) referente aos 12 meses anteriores ao mês do repasse. O FPM é composto de 22,5% da arrecadação desses tributos repassados a cada decêndio e distribuídos de forma proporcional de acordo com uma tabela de faixas populacionais.


De acordo com a redação da emenda constitucional 55/2007, ao 1% adicional do FPM não incide retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). No entanto, por se tratar de uma transferência constitucional, deve incorporar a Receita Corrente Líquida (RCL) do Município e consequentemente deve-se aplicar os limites constitucionais em educação.

No entanto, a Famep ressalta que esses valores são previsões que visam a nortear os gestores em seu planejamento e incorrem em uma margem de erro amostral.


Com informações da Imprensa Famep
Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Publicidade

Publicidade

PMA - FESTA DO TRABALHADOR 2018

Para festejar o dia do trabalhador, só mesmo uma grande festa !

Publicado por TV Cidade SBT em Terça-feira, 24 de abril de 2018
Acidentes (845) Altamira (1092) Anapu (68) Belo Monte (233) Belo Sun (15) Brasil (2920) Brasil Novo (717) Celebridades (166) Ciência (246) Cinema (82) Clima e Tempo (59) Curiosidades (1558) Desaparecidos (16) Eleições (624) Esporte (90) Governo Federal (770) Ibama (72) Imprensa (174) Internet (618) Itaituba (223) Justiça (1101) Marabá (53) Medicilândia (230) Mundo (1243) Música (169) Norte Energia (192) Novo Repartimento (31) Pacajá (53) Pará (1195) Placas (53) Polícia (2639) Política (2457) Porto de Moz (30) Religião (656) Rurópolis (76) Santarém (252) SBT (337) Sexo (74) Souzel (45) Tecnologia (328) Televisão (472) Transamazônica (410) Tucuruí (61) Uruará (365) Vitória do Xingu (149)

Postagem em destaque

Helder lidera em nova pesquisa para governador do Estado

Helder Barbalho (PMDB) lidera na nova pesquisa sobre a preferência do eleitorado paraense nas eleições deste ano ao governo do Estado. Na in...