Publicidade

Notícias de Última Hora

Após Lewandowski mandar prender crítico, MBL projeta “Vergonha STF” no prédio do Tribunal


O grupo ativista Movimento Brasil Livre resolveu protestar contra a atitude autoritária do ministro Ricardo Lewandowski que na manhã de terça-feira, ameaçou prender um crítico do STF.



O advogado Cristiano Caiado resolveu aproveitar o fato de que estava sentado próximo ao ministro, num voô que ia de São Paulo para Brasília e disse ao ministro que o “STF é uma vergonha”.

Lewandowski se irritou, pediu que um comissário de bordo chamasse a Polícia Federal, e ameaçou prender o manifestante.


O MBL respondeu projetando “VERGONHA STF” na parede do prédio do Tribunal.

Informação do MBLNews