Publicidade

Notícias de Última Hora

Favorável ao porte de armas, secretário de segurança de Moro quer tecnologia contra crime organizado

Guilherme Theophilo é favorável ao porte de armas e à redução da maioridade penal

Jarbas Oliveira/Estadão Conteúdo
O futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, anunciou no dia 4 de dezembro o nome do General Guilherme Theophilo como o responsável pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) durante o Governo Bolsonaro.


Apesar de ser carioca, Theophilo foi para Fortaleza, no Ceará, apenas com três meses de vida. General da reserva, foi o candidato derrotado na disputa ao governo do Ceará pelo PSDB nas últimas eleições.

Em entrevista exclusiva à Jovem Pan, ele afirmou que pretende priorizar a padronização de procedimentos no Estados brasileiros. Segundo ele, o trabalho será feito em três frentes: inteligência, tecnologia e fiscalização. “Nós temos que ter toda a parte genética de criminosos, impressão digital e monitoramento das fronteiras, tudo interligado, com a inteligência de outros países”, afirmou.

Favorável ao porte de armas de fogo e à redução da maioridade penal, Theophilo foi contra a intervenção federal no Rio de Janeiro. “Em oito meses não se resolve problema nenhum.”


Por Rafael Iglesias/Jovem Pan