Notícias de Última Hora

Jair Bolsonaro indicará ao menos 12 nomes no Judiciário


Nos próximos quatros anos, Bolsonaro indicará ministros para Cortes Superiores, em Brasília, e desembargadores para a Justiça Federal.

A lei determina que esses magistrados devem se aposentar compulsoriamente ao completar 75 anos.

O site “Poder360” analisou todos casos durante os 4 anos do governo Jair Bolsonaro: 10 ministros de Cortes em Brasília e 2 desembargadores da Justiça Federal.

Os ministros Celso de Mello e Marco Aurélio deixarão o Supremo Tribunal Federal (STF) em 2020 e 2021 respectivamente. Bolsonaro indicará nomes para substituí-los.

O presidente eleito também apontará magistrados substitutos no STJ (dois), TST (dois) e STM (quatro).

Fonte: Renova Mídia