Notícias de Última Hora

Lava Jato critica decisão do ministro Marco Aurélio de soltar presos


Integrantes da Operação Lava Jato concederam coletiva de imprensa nesta quarta-feira (19) sobre a decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), de soltar milhares de presos.

O procurador Deltan Dallagnol disse que a decisão do ministro Marco Aurélio Mello “foge completamente dos parâmetros” por ter sido tomada no último dia antes do recesso do Judiciário e desrespeitando o princípio da colegialidade.


Dallagnol acrescentou que, ainda, “vai contra o espírito de fim da impunidade, que hoje inspira a sociedade brasileira”.

Segundo O Antagonista, o procurador disse que é preciso reverter a decisão o quanto antes para evitar “um efeito catastrófico”.


Com informações do O Antagonista