Notícias de Última Hora

Líder diz que PSL votará unido pelo comando da Câmara


O líder do PSL na Câmara, delegado Waldir (GO), afirmou nesta sexta-feira (28) que os 53 deputados do partido votarão em conjunto na eleição para a presidência da Câmara, marcada para fevereiro.


Em declaração no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), o deputado Waldir declarou:

Vamos escolher um candidato que defende a pauta do governo. Vamos fechar… Se o PSL votar desunido é extremamente falho. O PSL é uno, são 53 votos e queremos mostrar nossa força e nossa lealdade ao presidente.


O partido elegeu 52 deputados, mas já conta com a filiação de Bia Kicis (DF), que se elegeu pelo PRP.

O delegado Waldir reafirmou que o PSL não terá candidato na disputa pelo comando da Casa.

O parlamentar disse que a bancada esperará a apresentação das propostas dos candidatos e que esperará para ver a viabilidade de algum nome.

Com informações do site Poder 360