Notícias de Última Hora

Motorista de aplicativo é assaltado e colegas protestam

(Foto: Wagner Almeida/Diário do Pará)
Pelo menos 40 motoristas de aplicativo se concentraram em frente à Seccional de São Brás, em Belém, em apoio a um colega de trabalho que foi vítima de assalto, junto com três passageiros, na madrugada deste sábado (22).


O caso ocorreu no cruzamento das passagens 3 de Maio com a Mucajá, no bairro do Guamá, por volta de uma e meia.

“Os criminosos eram dois e estavam de moto. O carro estava em movimento quando os bandidos jogaram a moto em cima do veículo e anunciaram o assalto”, relatou a vítima, que preferiu não se identificar.

As vítimas tinham entrado no carro de aplicativo em um shopping center, em Ananindeua.

Uma das passageiras, uma mulher, chegou a ser agredida no rosto por um dos bandidos por não querer entregar a bolsa. “Ela segurou a bolsa e um dos bandidos mostrou a arma pra ela. Depois ele bateu no rosto dela. Acredito que ela não quis entregar a bolsa por causa que estava o pagamento dentro. É triste saber que você passou o mês trabalhando e vem um vagabundo e tira isso da gente”, desabafou.

Os passageiros não quiseram ir até Seccional de São Brás para registrarem um boletim de ocorrência sobre o caso, ao contrário do motorista de aplicativo, que registrou o assalto.

(Sancha Luna/RBA TV)