Notícias de Última Hora

Mulher cansada de fazer sexo com marido, dá calmante para ele e o pior acontece

(Foto: Reprodução)
Uma mulher, de 62 anos, foi presa após ser acusada de matar o marido, de 73 anos, com uma overdose de calmante em Salzburgo, na Áustria.


Segundo a mulher, identificada como Silvia M., ela não suportava o constante apetite sexual do marido, com isso deu comprimidos para que ele dormisse.

Silvia disse à polícia que deu entre dois ou quatro comprimidos para o homem, no entanto, o álcool e o uso da Viagra acabou potencializando o efeito do calmante.

Ela ressaltou que não tinha a intenção de matar, apenas queria "deixá-lo quieto". Foi então que no dia seguinte, Silvia encontrou o marido morto na cama.

Silvia preferiu não avisar a polícia e deixou o corpo na garagem da residência. O homem só foi encontrado, após denúncias de vizinhos, devido ao mau cheiro. O caso segue em julgamento.

(Com informações do Portal do Holanda)