Notícias de Última Hora

Bolsonaro coloca general monitorando ONGs e organismos internacionais


Entre as atribuições da Secretaria de Governo, comandada pelo general Santos Cruz, está o monitoramento e a coordenação de ONGs e de organismos internacionais.


Na medida provisória (MP) 780, que reorganizou as atribuições no Poder Executivo, ficou decidido que a competência da Secretaria de Governo será:

Supervisionar, coordenar, monitorar e acompanhar as atividades e as ações dos organismos internacionais e das organizações não governamentais no território nacional.


Em postagem no Twitter nesta quarta-feira (2), o presidente Jair Bolsonaro acusou ONGs de explorar e manipular indígenas e quilombolas.


A decisão do governo Bolsonaro está sendo criticado por várias ONGs, organismos internacionais e pelo movimento indígena, que acusa a iniciativa, inexistente nos governos anteriores, de buscar o enfraquecimento de seus parceiros.

Com informações da Folha