AO VIVO

Notícias de Última Hora

Criminosos armados se passam por passageiros de ônibus e fazem assalto em Santarém

Dupla estava no ônibus Santarém/Alter do Chão; Criminosos levaram dinheiro e celulares

Ônibus seguia para a vila balneária de Alter do Chão.
Um ônibus que faz linha para a vila balneária de Alter do Chão foi alvo de assalto na noite de domingo (6) em Santarém, no oeste do Pará. Armados, os criminosos se passaram por passageiros e renderam as vítimas depois de o ônibus passar próximo à Escola Técnica.

O assalto aconteceu por volta das 19h20. Após conseguir roubar celulares e dinheiro, a dupla conseguiu fugir e entrar em um matagal às margens das Rodovias Estaduais Fernando Guilhon e Everaldo Martins.

De acordo com o proprietário da empresa Eixo Forte, Ednaldo Veras, pelo fato de o fluxo de passageiros ser maior da vila para Santarém, era pequena a quantidade de pessoas dentro do ônibus, no momento do assalto. Não houve agressões físicas às vítimas.

Enquanto os dois homens cometiam o crime, uma terceira pessoa dava auxílio do lado de fora do veículo. “Esse ponto perto da Escola Técnica é corriqueiro ter assalto, é um ponto de encontro de bandidos esse mato próximo ao Residencial Salvação”, ressaltou o empresário Ednaldo Veras.

Em caso de assaltos, a orientação repassada aos funcionários da empresa é para que não reajam, fiquem calmos e tranquilizem os passageiros. “A vida das pessoas é mais importante do que qualquer bem material. A renda dos ônibus é colocada em cofres que são abertos dentro da empresa. Na maioria dos assaltos, eles só querem celulares e coisas desse tipo”, explicou Veras.

Essa não é a primeira vez que ônibus que fazem a linha para a vila balneária são alvos de assaltos. A rodovia fica desguarnecida de apoio policial devida a grande extensão e localização das comunidades situadas às margens da via. Também há a questão da falta de iluminação pública, o que prejudica a visibilidade de motoristas.

Depois do assalto, as vítimas acionaram a Polícia, que esteve no local, mas não conseguiu prender nenhum suspeito. Ednaldo Veras informou ao G1 que vai registrar o Boletim de Ocorrência na 16ª Seccional de Polícia Civil na manhã desta segunda-feira (7).


Fonte: G1 Santarém