Notícias de Última Hora

DEFESA CONSEGUE CONVERSÃO EM PRISÃO DOMICILIAR PARA UM DOS ACUSADOS DE TRÁFICO DE DROGAS EM BRASIL NOVO

Dr. Olegário José da Silva Neto
Os advogados Dr. Olegário José da Silva Neto e a Dra. Danusia Covre Lorenzoni, entraram com pedido de audiência de custódia em favor do casal Luciana Gama da Silva e Renis Silva de Souza, ambos acusados de tráfico de drogas, ocorrido no último dia 17 em Brasil Novo.

A audiência de custódia foi protocolada pela defesa no dia 21, porém na manhã desta quinta-feira, 23, o juiz de direito, Dr. Juliano Jeronimo, converteu de prisão preventiva em prisão domiciliar, somente para a acusada Luciana Gama da Silva.


O juiz de Brasil Novo, deferiu o pedido dos advogados, que após requerimento oral em audiência, concedeu a prisão domiciliar para a acusada, devido a mesma, preencher os requisitos expressos na lei.


Entenda o caso

Na manhã de quinta-feira, 17, a Polícia Militar de Brasil Novo, foi acionada através de denúncia anônima, informando que em uma residência localizada na Rua Presidente Vargas no Bairro da Torre, um indivíduo em atitude suspeita, teria entrado em sua casa com um aparelho de TV. Os policiais foram até o local, e durante revistas, encontram o aparelho de TV, que no dia anterior, havia sido furtado de uma residência no Bairro Cidade Nova. 

Dentro da casa, a guarnição também encontrou uma certa quantidade de entorpecentes, caracterizando assim, um possível tráfico de drogas por parte dos suspeitos.

Luciana Gama da Silva e Renis Silva de Souza, foram presos em flagrante pela posse de 558g de maconha, 83g de crack e 10g de cocaína. Também foram encontrados, um aparelho celular Sony e R$450,00 reais em espécie.

O casal foi conduzido juntamente com todo o material apreendido e apresentados na delegacia de Brasil Novo.

Por Gleyson Araujo | TV Cidade News