Notícias de Última Hora

Diretor da CNN Brasil afirma que emissora não será de direita, nem de esquerda


Douglas Tavolaro disse que o propósito da “CNN Brasil“, canal de notícias que ele vai dirigir, é ser uma emissora com a missão de “levar informação com qualidade, imparcialidade e correção, e pluralidade de opinião entre nossos colunistas”, nem de direita, nem esquerda.


Na primeira entrevista desde que o negócio em sociedade com o empresário Rubens Menin foi anunciado, na última segunda-feira (14), Tavolaro evitou entrar em muitos detalhes sobre o futuro canal, mas adiantou a sua visão sobre o negócio.


Douglas Tavolaro não confirmou os números mencionados de jornalistas que serão contratados (falou-se em 400), mas informou que a CNN Brasil buscará profissionais em diferentes áreas do país.

Ele também comentou sobre o que o levou a deixar a “Rede Record“, onde ocupava a vice-presidência de jornalismo. “Meu ciclo terminou”, diz ele.

O jornalista afirma que não tem nenhuma relação de parentesco com o ex-patrão Edir Macedo e assegura que o futuro canal de notícias não tem sócios ocultos. “Nunca tive, e não teria problema em reconhecer isso”, disse Tavolaro.

Com informações da Folha