Notícias de Última Hora

Evo Morales corteja Jair Bolsonaro


A inusitada tentativa do líder da Bolívia, Evo Morales, de se aproximar do governo de Jair Bolsonaro se dá num momento-chave para a definição do futuro da relação comercial entre os dois países.


Evo Morales foi um dos poucos líderes de viés esquerdista que participaram da cerimônia de posse do novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, no dia 1º de janeiro de 2019.


A presença do presidente da Bolívia na posse de Bolsonaro pode ter deixado alguns apoiadores do militar reformado com a pulga atrás da orelha, tendo em vista as diferenças ideológicas entre os dois líderes.

Acontece que, no fim de 2019, o contrato de exportação de gás natural boliviano ao Brasil chegará ao seu vencimento.

A renovação desse contrato é vital para a Bolívia e para o futuro político de Evo Morales, que busca o seu quarto mandato consecutiva como presidente do País.


 Com informações do Valor