SBT BRASIL NOVO - ENTREVISTAS - SOLIMAR MACHADO NOVO SEC DA SEMMA

ENTREVISTA DE SOLIMAR MACHADO SEC. DA SEMMA Assista no YouTube: https://youtu.be/QUaizCWwpKc

Posted by TV Cidade News on Friday, August 23, 2019

Notícias de Última Hora

Hospital Regional de Altamira realiza mais de 400 mil atendimentos em 2018


“Não tenho nem como descrever a qualidade do atendimento aqui. A equipe cuida muito bem de nós. Eu só tenho a agradecer”. A avaliação é da dona de casa Francisca das Chagas Alves, de 53 anos, que faz tratamento desde outubro de 2012 no Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), gerido pela Pró-Saúde Associação de Assistência Social e Hospitalar, em Altamira (PA).


Moradora da cidade de Pacajá, Francisca precisou iniciar tratamento de hemodiálise em 2014 e encontrou no HRPT uma possibilidade de cuidar da saúde próximo de casa. “Era minha preocupação, pois se a família não estiver dando suporte, fica muito difícil. Sendo atendida aqui eu posso ir pra lá ou eles podem vir passar o fim de semana comigo. Se não fosse o Regional, essa convivência não seria possível”, analisa a dona de casa.


O serviço de hemodiálise foi um dos destaques do Hospital Regional em 2018. Foram realizadas 17.200 sessões regulares para os usuários, número que ultrapassou o índice de 2017, quando foram totalizadas 14.890 sessões, representando um crescimento de 15,51%. A unidade é a única da região do Xingu a disponibilizar esse atendimento, que é gratuito, aos usuários do SUS.

“É um tratamento muito delicado. Nós temos uma equipe multiprofissional para atendê-los. São dois médicos, três enfermeiros assistentes e um coordenador. Além desses profissionais, os pacientes têm ainda o acompanhamento de nutricionista, assistente social e psicóloga”, explica o enfermeiro Abdon Salim, coordenador interino do setor de hemodiálise do Hospital.


O HRPT apresentou em 2018 um desempenho bastante positivo, com uma taxa de crescimento dos atendimentos à população de 3,21%, entre consultas, exames de imagem e análises clínicas, cirurgias, internações e outros. “Foram 403.618 atendimentos em 2017 e 416.577 em 2018, com acréscimo em praticamente todas as áreas. Isso mostra que, mesmo com todas as crises e dificuldades enfrentadas no ano passado, através da gestão eficaz e do comprometimento das pessoas, conseguimos aumentar a realização de serviços para a comunidade, com altos índices de qualidade e segurança para os pacientes”, destaca o diretor Hospitalar, Edson Primo.

Satisfação


O Hospital Regional Público da Transamazônica alcançou, em 2018, a média de 99,58% de satisfação, identificada a partir do levantamento feito pelo Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU). Referência para nove municípios da região do Xingu – Altamira, Anapu, Brasil Novo, Medicilândia, Pacajá, Porto de Moz, Senador José Porfírio, Uruará, Vitória do Xingu, a Unidade oferece atendimentos de alta e média complexidades.

De janeiro a dezembro, o HRPT somou 5.218 atendimentos de urgência e emergência e mais de 260 mil exames. Os procedimentos cirúrgicos realizados somam 4.496. “Destaque também para o aumento de 5,64% na quantidade de cirurgias realizadas e 5,51% na quantidade de consultas ambulatoriais. Além disso, mantivemos uma média de 94% de ocupação de leitos”, completa o diretor.

O Hospital Regional Público da Transamazônica possui 97 leitos sendo 21 clínicos, 32 cirúrgicos, 15 pediátricos, seis obstétricos, nove UTIs Adulto, cinco UTIs Pediátrica, cinco UTIs Neonatal e quatro berçários alto risco. Há ainda um Centro Cirúrgico com quatro salas, Ambulatório com cinco consultórios e o Pronto-Socorro com 11 leitos. O HRPT atende mais de 20 especialidades e 15 serviços de diagnósticos como tomografia, mamografia, ecocardiograma e densitometria óssea.

Com informações de Suellem Mendes | TV Cidade News