SBT BRASIL NOVO - ENTREVISTAS - SOLIMAR MACHADO NOVO SEC DA SEMMA

ENTREVISTA DE SOLIMAR MACHADO SEC. DA SEMMA Assista no YouTube: https://youtu.be/QUaizCWwpKc

Posted by TV Cidade News on Friday, August 23, 2019

Notícias de Última Hora

Morre homem baleado após flagrante de traição da esposa em Novo Progresso

Homem de 58 anos morreu em hospital de Brasília; Ele já havia amputado as duas pernas; Caso envolve uma itaitubense

Aucelin e o esposo Brizola / Joel Hilário, acusado de cometer o crime.
Termina de forma trágica o caso do marido baleado após flagrar a esposa com um amante no distrito Vila Isol, em Novo Progresso, fato ocorrido em 9 de Novembro de 2018. O pecuarista Brizola, de 58 anos, morreu na noite da última quarta-feira (16) em um Hospital de Brasília, antes ele já havia perdido as duas, que tiveram que ser amputadas em decorrência do baleamento.

ENTENDA O CASO

De acordo com informações de pessoas próximas da família da vítima, a mulher, uma itaitubense identificada como Aucelin Ferreira, de 32 anos, se envolvia com o amante, o jovem Joel Hilário, de 18 anos, há cerca de 2 anos.

O marido já estaria desconfiando das traições da mulher. Ele teria seguido ela até a casa da amiga e chegando lá foi recebido a tiros pelo amante, três disparos acertaram suas pernas.

O fazendeiro foi socorrido e levado às presas para uma clínica em Novo Progresso, passou por cirurgia e em seguida foi encaminhado para Sinop no estado do Mato Grosso. Pessoas próximas da família disseram à reportagem do Giro que o fazendeiro teve as duas pernas amputadas e continua internado em estado grave.



Quatro dias após o crime, o jovem se apresentou espontaneamente na 19ª Seccional de Polícia de Itaituba, acompanhado de seu pai Gilmar Hilário e de seu advogado Dr Fernando Brandão, criminalista de Sinop/MT.

Na delegacia o advogado Brandão disse que seu cliente é inocente, que agiu em legítima defesa e que buscará a liberdade de Joel nas próximas horas, pois trata-se de um jovem trabalhador, honesto e sem qualquer tipo de passagem pela polícia.

“Meu cliente não é bandido, é primário, tem residência fixa há mais de 12 anos e trabalho lícito com carteira assinada. Jamais irá fazer algo para atrapalhar a instrução criminal. Estará sempre à disposição da justiça, para em liberdade provar sua inocência, já que agiu em legítima defesa”, afirmou o advogado.

Joel Silva Hilario, de 18 anos, se entregou à polícia.
O acusado permanece preso no presídio de Itaituba.

Fonte: Portal Giro