AO VIVO

Notícias de Última Hora

Após investigação envolvendo Gilmar, STF quer restringir atuação da Receita Federal

Os ministros do STF e TSE, Dias Toffoli e Gilmar Mendes (divulgação)
Recentemente, Gilmar Mendes foi alvo de uma investigação da Receita Federal, que visava apurar indícios de corrupção e lavagem de dinheiro no patrimônio do ministro.


Agora, conforme informa o Estadão, um projeto de lei que estipula limites à atuação do Fisco vem sendo discretamente discutido entre ministros do Supremo e parlamentares. A aposta da Corte, segundo a informação, é o bom acesso que os ministros do STF tem com Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados.


Durante a cerimônia de posse da diretoria do Sindifisco, Dias Toffoli, presidente do STF, deixou claro o descontentamento com os órgãos fiscalizadores. Disse ele: “Qual seria o nível de detalhamento dessas explorações bancárias e fiscais cometidas pelo Fisco no seu exercício legítimo de fiscalizar?” e continuou “É extremamente relevante delimitarmos para dar mais segurança para a atuação do Fisco e dos auditores da Receita”.

Segundo o Blog do Josias, o ministro Gilmar Mendes teria reclamado de um “lavajatismo” que teria invadido a Receita Federal. Gilmar ainda disse que “o grupo realiza investigações policialescas, que nada têm a ver com a Receita”.


Informações do Estadão, do Renova Mídia e do Blog do Josias