Regulagem

Foi amor à 1ª vista, o resto é mentira, diz Lulu, índia criada por Damares

sexta-feira, fevereiro 01, 2019
A ministra Damares Alves e a filha "adotiva", a índia Kajutiti Lulu Kamayurá
Imagem: Reprodução/Instagram
"Foi amor à primeira vista. Ela se apaixonou por mim e depois eu por ela. O resto é tudo mentira". A frase, disparada imediatamente após a pergunta sobre sua relação com a atual ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, é uma exceção às respostas monossilábicas da jovem índia Kajutiti Lulu Kamayurá, 20 anos.


Alçada ao centro de uma polêmica que sugere uma suposta adoção ilegal - após a publicação de uma reportagem na revista Época com depoimentos de índios da aldeia Kamayurá, no norte do Mato Grosso -, Lulu, como gosta de ser chamada, falou com o UOL no final da tarde desta nesta quinta-feira (31) sobre o assunto.


A entrevista, marcada inicialmente para ocorrer em encontro pessoal em Paranaguá, no litoral do Paraná, acabou sendo realizada por telefone. Lulu estaria em deslocamento da cidade de Itapema (SC) e teria se atrasado. Nas duas cidades, ela estaria desenvolvendo ações para uma organização missionária com atuação nacional e internacional.

Mesmo receosa com as perguntas do jornalista -- sempre alertando que o texto deveria refletir exatamente suas palavras --, Lulu se dispôs a falar. Com dificuldade para relembrar datas e períodos, a índia disse se lembrar que deixou a aldeia aos seis anos para um tratamento dentário em Brasília, com autorização de seus pais biológicos. A saída teria ocorrido em uma viagem de barco até a cidade de Canarana, e de lá embarcado em um ônibus rumo à capital federal em companhia de Márcia Suzuki, que desenvolvia um trabalho voluntário como missionária na aldeia.

A índia Kajutiti Lulu Kamayurá, criada como filha da ministra DamaresImagem: Hugo Alves/UOL
Em Brasília, ela teria ficado hospedada em uma casa da organização missionária na qual Márcia Suzuki atuava. Foi ali que conheceu Damares. No relato de Lulu, Damares se "apaixonou" por ela e, com autorização de seus pais, a levou para casa. Ela não sabe precisar as datas, mas diz que a mudança para casa da ministra teria ocorrido três anos após sua chegada à capital federal. Dois irmãos seus também teriam ido para a cidade e os pais a visitavam constantemente no local.

Incomodada com a exposição de sua relação com Damares, a quem chama de "mãe", Lulu diz que teve uma infância "normal, brincando como qualquer criança" na casa da atual ministra. Para ela, não houve nenhuma irregularidade na sua saída da aldeia e seu crescimento foi acompanhado pelos pais biológicos que a visitavam. Ela não acredita que a avó paterna Tanumakaru - entrevistada pela "Época" - tenha dito que a neta foi levada irregularmente como consta na reportagem e afirma ter se despedido de todos na tribo.


Lulu acredita ter sido "salva" por Márcia, pois estaria desnutrida e com problemas de saúde. A missionária se tornou referência em sua vida, inspirando-a a atuar na mesma organização como voluntária.

Nove anos depois, quando completava 15 anos, Lulu diz ter voltado ao Xingu. Foi bem recebida por todos os índios na aldeia e afirma que nunca houve qualquer menção a sua retirada da aldeia de forma irregular. Ela acredita que os depoimentos publicados pela revista são fruto de uma ação "política".

A jovem diz que ela e a ministra têm conversado constantemente, e que Damares está triste com a situação. Lulu quer ser esquecida pelos jornalistas. Como qualquer jovem de sua idade, quer ter a liberdade de ir ao cinema para assistir filmes de comédia sem ser procurada pela imprensa.

"Sou ser humano e normal", fala Lulu, que além do trabalho voluntário gosta de ouvir sucessos do cantor canadense Justin Bieber e sucessos da dupla sertaneja Jorge & Mateus. Também aprecia os jogadores de futebol Kylian Mbappé Lottin, do Paris Saint German, e de Neymar.

Fonte: UOL
Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Publicidade

Publicidade

PMA - FESTA DO TRABALHADOR 2018

Para festejar o dia do trabalhador, só mesmo uma grande festa !

Publicado por TV Cidade SBT em Terça-feira, 24 de abril de 2018
Acidentes (845) Altamira (1092) Anapu (68) Belo Monte (233) Belo Sun (15) Brasil (2920) Brasil Novo (717) Celebridades (166) Ciência (246) Cinema (82) Clima e Tempo (59) Curiosidades (1558) Desaparecidos (16) Eleições (624) Esporte (90) Governo Federal (770) Ibama (72) Imprensa (174) Internet (618) Itaituba (223) Justiça (1101) Marabá (53) Medicilândia (230) Mundo (1243) Música (169) Norte Energia (192) Novo Repartimento (31) Pacajá (53) Pará (1195) Placas (53) Polícia (2639) Política (2457) Porto de Moz (30) Religião (656) Rurópolis (76) Santarém (252) SBT (337) Sexo (74) Souzel (45) Tecnologia (328) Televisão (472) Transamazônica (410) Tucuruí (61) Uruará (365) Vitória do Xingu (149)

Postagem em destaque

Helder lidera em nova pesquisa para governador do Estado

Helder Barbalho (PMDB) lidera na nova pesquisa sobre a preferência do eleitorado paraense nas eleições deste ano ao governo do Estado. Na in...