Notícias de Última Hora

'Heroína' do acidente com Boechat consegue tratamento para doença rara

(Foto: Reprodução)
A vendedora Leiliane Rafael da Silva ficou nacionalmente conhecida após surgir em um vídeo tentando resgatar o motorista do caminhão envolvido em um acidente com o helicóptero onde estava ao jornalista Ricardo Boechat.


As imagens de Leiliane viralizaram em todo o país e a exposição na mídia trouxe ao conhecimento público a rara condição médica que ela tem, Malformação Arteriovenosa (MAV), diagnosticada em novembro de 2018, pouco tempo depois de dar à luz a filha caçula. Esta história foi contada em um programa de televisão, e logo uma mobilização para ajudar a vendedora foi articulada nas redes. E deu certo. Leiliane conseguiu o tratamento.

Monique Neves, da ONG Amáveis, especializada no acolhimento e tratamento de pessoas com MAV, foi em busca de ajudar Leiliane. A vendedora desempregada e mãe de família disse durante seu relato, que o atendimento proporcionado pelo SUS (Sistema Único de Saúde), tem sido insuficiente para o tratamento.


Esta rara condição é causada por “defeitos no sistema circulatório, uma anormalidade vascular, que atinge principalmente o cérebro”. Os principais sintomas são dor de cabeça crônica, hemorragia, convulsões, tontura e perdas de coordenação motora e de memória.

Agora ela espera se recuperar da melhor maneira possível, e que os médicos tenham a mesma dedicação que ela teve com o motorista ferido.



(Com informações do R7)