Notícias de Última Hora

Cada vez que você se estressa, libera um hormônio que detona seu coração


Já sabemos que viver estressado, compromete a saúde de modo geral, mas agora um estudo relacionou o cortisol, à morte por infartos, derrames, e pressão alta.


Viver com preocupações, frustrações, brigas, excesso de trabalho, e outros, aliados à predisposição hereditárias, são uma verdadeira bomba prestes a explodir com doenças cardiovasculares.


Segundo Maria Angela Plácido, cardiologista, as pessoas que vivem rotinas estressantes, libera altos níveis de hormônios que provocam desordem no organismo. "A adrenalina é um deles. Ela atua aumentando os batimentos cardíacos e a pressão arterial, o que pode culminar em um ataque cardíaco e até levar a morte", explica.

Já o hormônio cortisol liberado durante situações de estresse, aumenta os riscos de morte em pessoas que já tenham doenças cardiovasculares, conforme pesquisa divulgada pelo Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism.


Durante o estudo, foram acompanhados 800 voluntários com mais de 65 anos e com histórico de problemas cardíacos.

Durante um período de três anos, cerca de 180 dos participantes acompanhados pelo estudo morreram.

A quantidade de cortisol que estava no organismo dos falecidos, era superior à níveis normais esperados.

Para pessoas que sofrem de doenças cardiovasculares, a exposição ao cortisol, eleva em 5 vezes o risco de morte.

Qual sua opinião? Escreva abaixo

Fonte: Super Mãe