Notícias de Última Hora

Duplo homicídio: mais informações sobre o crime que chocou os altamirenses

Os corpos de Fernanda Moura de Oliveira, de 28 anos, e da filha dela, Maria Isabele de Oliveira, de cinco anos, foram localizados depois de investigação da Polícia Civil e da ajuda da população.


Fernanda e a filha estavam desaparecidas desde terça-feira, dia 23 de abril. Segundo o marido de Fernanda, identificado como Rafael, a última vez que viu a esposa e a filha foi durante a manhã de terça, antes de sair para o trabalho. O casal morava no Ramal do Cupiúba, zona rural de Altamira, no sudoeste do Pará.


Ao chegar em casa Rafael se deu conta que Fernanda e a filha não estavam na residência. Ele também sentiu falta da motocicleta da família, além dos capacetes. A partir daí, ele acionou amigos e parentes para começarem a fazer buscas, mas sem sucesso. Hoje, quarta-feira, 24 de abril, já com a ajuda da Polícia, os corpos de Fernanda e de Isabele foram localizados. Segundo a Polícia, elas estavam enterradas em uma única cova, no ramal do Cipó Ambé, também zona rural.

O IML foi acionado para fazer a retirada dos corpos. Até agora a causa da morte ainda não foi divulgada.

Presos
Em nota enviada a imprensa, a Superintendência da Polícia Civil na Região do Xingu, informou que duas pessoas foram detidas, suspeitas do crime. Uma delas foi identificada como vizinho das vitimas. Segundo informações, há poucos dias, ele teria invadido a residência do casal e foi reconhecido por Fernanda. Ela chegou a avisar a mãe do rapaz, mas ele se revoltou e ameaçou a mulher.

Esse homem, que ainda não teve o nome revelado, chegou a ir à delegacia e negar o crime, mas em sua residência foram encontrados a moto e os capacetes desaparecidos da vítima. Agora a pouco foram divulgadas as fotos dos dois suspeitos do crime.

Manifestações


Familiares de Fernanda e de Isabele organizaram uma manifestação em frente a Delegacia de Altamira para protestar contra esse crime que chocou a população.

Protesto de familiares e amigos na Delegacia de Altamira.
Mais informações a qualquer momento.

Valéria Furlan para A Voz do Xingu