Notícias de Última Hora

Homem é preso suspeito espancar o filho que morreu no hospital

O pai do menino disse aos médicos que a criança teria sido pisoteada por um boi


Oseias Carvalho da Silva, 43 anos, e a esposa Liciele Moraes da Silva, 26 anos, foram presos no município de Xinguara a pouco mais de 520 km do local onde o crime aconteceu. O caso ocorreu no ultimo dia 27 de março, na zona rural de Pacajá. O filho do suspeito, uma criança de 4 anos foi espancado e deu entrada no hospital de Anapu, município vizinho, mas não resistiu e morreu.


Segundo a polícia civil, o pai do menino teria dito aos médicos que a criança teria sido pisoteada por um boi. Segundo o delegado responsável pelo caso, a frieza do pai e da madrasta da vítima levantou a suspeita da equipe médica, que encaminhou o corpo da criança ao IML para ser periciado. Em seguida os dois teriam deixado o hospital e não foram mais encontrados.

O casal atravessou o rio com a criança no colo. Ao ser interrogado por um morador sobre o que teria ocorrido, o pai afirma que a criança teria sido machucada por um boi. Na delegacia o pai confessou que teria espancado o filho, mas não tinha intenção de matar.

A madrasta da criança disse que não teve participação na agressão que resultou na morta do enteado. O delegado teria interrogado os dois sobre o caso, mas eles teriam sido liberados já que não haviam provas e o laudo ainda não havia sido emitido.

Os suspeitos devem ser encaminhados para Pacajá, onde o crime foi registrado.

Fonte: Confirma Notícia