PMA - VT EXPOALTA 2019

PMA - VT EXPOALTA 2019 YouTube: https://youtu.be/i_JJWLt3mHk

Posted by TV Cidade News on Thursday, October 10, 2019

Notícias de Última Hora

Menino não tinha luz em casa e fez a lição de casa na rua, usando a iluminação do poste

E pensar que outras crianças que têm tudo, nem cumprem seus deveres


A maioria das crianças prefere brincar antes de estudar. Às vezes, ter que fazer as tarefas domésticas depois de frequentar a escola parece ser realmente entediante e os pais precisam pressioná-los a cumprir suas obrigações.

No entanto … há algumas crianças que sabem que apenas estudando elas podem ter a oportunidade de ajudar sua família a progredir.

Víctor Martín Angulo Córdoba, 12 anos, é um deles.


Há alguns anos não há luz elétrica em sua casa localizada em Moche, no Peru. A família de recursos escassos não pode pagar um medidor de luz e eles tiveram que se adaptar a essas condições complexas, que para outras crianças, poderiam servir como uma desculpa para não fazer o dever de casa.

Mas Víctor não é assim. O menino conseguiu dar um jeito de estudar e de não tirar uma nota ruim … pelo menos isso é demonstrado por um vídeo capturado por uma câmera de videovigilância do setor que o mostra muito concentrado em completar sua tarefa.


Atualmente, o garoto frequenta o sexto ano do ensino fundamental da instituição educacional Ramiro Ñique, declarada pelo distrito de Defesa Civil de Mochero como infraestrutura de alto risco. E é pelo mesmo motivo que quando a situação dessa família se tornou viral e a criança foi entrevistada pela imprensa,ele aproveitou para pedir o presidente da república Martín Vizcarra, que melhorasse sua escola e fornecesse luz para sua casa, onde mora com sua mãe e dois irmãos mais velhos.

Sua mãe, Rosa Córdoba Angulo, é levada às lágrimas quando vê seu filho lutando para se destacar na escola sem nunca ter feito uma queixa ou um rosto triste por viver tão precariamente.


No entanto, esta situação vai mudar em poucos dias, porque depois que a história da criança se tornou conhecida, o prefeito de Moche, Arturo Fernández Bazán, visitou a criança e ofereceu seu apoio para obter um medidor de luz para que ele pudesse estudar dentro sua casa.

E ele também aproveitou para dar alguns materiais escolares para o garoto em reconhecimento ao seu esforço e como motivação para continuar tendo um desempenho exemplar na escola.

Traduzido e adaptado do site UPSOCL