Notícias de Última Hora

Nem o PT suporta Rosário, e a coloca fora da discussão da Reforma da Previdência


A deputada Maria do Rosário teria armado barraco dentro da própria bancada do PT.


Ela exigia ser indicada para uma das vagas do partido na Comissão Especial da Reforma da Previdência.

Mesmo nas hostes partidária, o comportamento da parlamentar gaúcha tem sido considerado insuportável.


No frigir dos ovos, Rosário não ficou nem como suplente.

O PT indicou Gleisi Hoffmann (Paraná), Carlos Veras (Pernambuco), Jorge Solla (Bahia) e Henrique Fontana (Rio Grande do Sul).


Os suplentes serão Paulo Teixeira (São Paulo), José Guimarães (Ceará), Rubens Otoni (Goiás) e Pedro Uczai (Santa Catarina).

Fonte: Jornal da Cidade