Notícias de Última Hora

OAB ataca ampliação da posse de armas no Brasil


Novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) ataca ampliação da posse de armas impulsionada pelo governo Bolsonaro.

Em Lisboa, o novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, não poupou críticas à política do presidente da República, Jair Bolsonaro, de facilitar a posse de armas no país.


Na manhã desta segunda-feira (22), na capital de Portugal, durante o 7º Fórum Jurídico de Lisboa, Santa Cruz declarou:

“De 1980 a 2016, um milhão de brasileiros pereceram por armas de fogo. Será que é o modelo do armamento em massa que vai resolver o drama das cidades brasileiras, de pessoas que ficam horas a fio no trânsito, no sol, nos ônibus. E aí a solução é que estejam todas elas armadas?”

O presidente da OAB também se contrapôs ao endurecimento da legislação penal, que para ele levam ao maior encarceramento.


Santa Cruz vem marcando sua história na liderança da OAB com declarações controversas que, na maioria das vezes, soam como uma clara oposição ao governo Bolsonaro.

Em fevereiro ele criticou as “investigações sem fim” da Operação Lava Jato. Já no mês de março, Santa Cruz acusou Bolsonaro de tentar “intimidar a imprensa” e denunciou uma suposta atuação de “milícias virtuais” nas redes sociais.


Fonte: Renova Mídia