Notícias de Última Hora

Após ser ridicularizada pela lacrosfera no Twitter, jovem admiradora de Bolsonaro ganha ‘tweet especial’ do presidente


Imagem: | Arquivo Pessoal | Wilson Dias | Agência Brasil

Na última terça-feira (7), uma foto publicada por uma adolescente repercutiu nas redes sociais.

Na ocasião, Maria Clara Sahdo Cetraro, de 16 anos, fez um post no Twitter em que aparece vestida com um blazer preto, uma camisa do Palmeiras e um papel escrito “presidente”, fazendo alusão a Jair Bolsonaro.


De acordo a jovem, que estuda em uma instituição particular de Manaus, tratava-se apenas de um trabalho escolar corriqueiro, onde os alunos precisariam interpretar figuras políticas das mais variadas correntes ideológicas.

Imagem: Reprodução | Twitter
Sem a interferência dos professores, os próprios alunos escolhiam quem eles representariam politicamente. Cada aluno tinha liberdade para argumentar sobre o tema do debate, o projeto “Escola Sem Partido”, proposta que visa coibir doutrinação ideológica nas escolas através da fixação de cartazes em salas de aula.


Coube a Maria o papel de representar a direita e o presidente Jair Bolsonaro.

Na legenda, a adolescente fez questão de deixar claro que é fã incondicional do chefe do Executivo.

Imagem: Reprodução | Twitter
Inicialmente, porém, a publicação de Maria foi repercutida de maneira negativa pela lacrosfera do Twitter, que rapidamente tratou de floodar a publicação da garota com deboches, ofensas e xingamentos.


O linchamento virtual e a intolerância política que a garota sofreu por parte da esquerda estenderam-se por algumas horas, mas não desestabilizaram a jovem, que tratou de levar tudo na esportiva.

Maria porém recebeu uma recompensa inesperada, o próprio presidente fez uma ligação para ela via vídeo.

Confira abaixo:


Bolsonaro liga para estudante de 16 anos que foi hostilizada pela esquerda por defender o Presidente em sua escola
Posted by Gleyson Araujo on Monday, May 13, 2019

Com informações do Conexão Política