Notícias de Última Hora

Bandidos irritados com colapso econômico da Venezuela


Criminosos também estão sofrendo com a penúria na Venezuela. Disparar uma arma se tornou um luxo no país, já que as balas estão cada vez mais caras.


Uma matéria publicada, nesta terça-feira (28), pela agência Associated Press informa que os ladrões também estão sofrendo com o colapso econômico na Venezuela.


Apesar da severa crise no país, os ataques com armas e homicídios estão diminuindo inesperadamente.

Especialistas do “Observatório Venezuelano da Violência” — ONG com sede em Caracas — estimam que os homicídios diminuíram até 20% nos últimos três anos.


Como resultado do caos na Venezuela, a criminalidade se adaptou. Enquanto os assaltos na rua, como roubo de cabos telefônicos de cobre e de gado estão crescendo, o tráfico de drogas e mineração ilegal de ouro tornaram-se atividades padrão para o crime organizado.


“Disparar uma arma se tornou um luxo. As balas são caras e cada uma custa 1 dólar”, diz o artigo escrito pelo correspondente da AP, Scott Smith, que trabalha na capital venezuelana. “Se você esvaziar sua arma, você estará disparando US $ 15”.

Com informações da agência Associated Press