Notícias de Última Hora

Eduardo Bolsonaro assume liderança do PSL de São Paulo

Crédito: O GLOBO
Nesta quarta-feira, 01, o novo comando do PSL de São Paulo foi anunciado: O deputado federal Eduardo Bolsonaro substituirá o Major Olímpio (PSL-SP), que renunciou o cargo no último sábado, 27.


O filho do presidente publicou um texto sobre sua missão de organizar o partido para as eleições municipais de 2020 e escolher quadros locais identificados "com as bandeiras conservadoras e de economia liberal".


"Aqueles que se destacam no trabalho com as bases merecem a chance de disputar as eleições. Não há outro interesse nesta empreitada", escreveu Eduardo, citando o deputado estadual e líder do PSL na assembleia paulista, Gil Diniz (PSL-SP), como principal auxiliar na missão de conectar o partido com os municípios paulistas.

Segundo Olímpio, a mudança no comando do partido no estado estava prevista desde o fim das eleições, prazo que ele teria acertado com a direção nacional do partido como limite para sua participação mais efetiva na direção. “Não teve conflito, pressão, nada. Minha agenda de senador virou uma tragédia, administrar um partido é uma mão-de-obra danada, há disputa por espaço em todas as cidades”, disse o Major.

Atualmente, a bancada do PSL é a maior da Assembleia Legislativa de São Paulo, com 15 parlamentares.


Com informações de O Globo