Notícias de Última Hora

Esquerda à favor do crime: Wtzel é denunciado à ONU por ‘agenda genocida’

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel – Foto: Nelson Perez
A deputada federal, Talíria Petrone (PSOL-RJ), em “complô” com a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ), denunciaram nesta terça-feira (07) o governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), por suposto “recorde” de mortes em operações policiais já no primeiro trimestre do mandato.


Também do PSOL, a deputada e militante da esquerda, Renta Souza, informou que, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), o governador do Rio atingiu um nível de recorde de mortes no primeiro trimestre. A esquerdista ligou as 434 pessoas assassinadas no RJ com a permissão do governador em operações.


Defensores de criminosos, e caminharam ofícios à Organização das Nações Unidas (ONU) e à Organização dos Estados Americanos (OEA), denunciando o governador por “agenda genocida”. Aparentemente, as deputadas esperam um combate ao crime organizado com pétalas de rosas.

As informações são do UOL.