Notícias de Última Hora

Ex-ministros do Meio Ambiente unidos contra governo Bolsonaro


Ex-titulares da pasta do Meio Ambiente afirmam que o atual ministro Ricardo Salles estaria descumprido a Constituição.


Sete ex-ministros do Meio Ambiente divulgaram um manifesto conjunto apontando uma série de críticas ao “desmonte da governança socioambiental” do Brasil pelo governo do presidente da República Jair Bolsonaro.

Com alertas sobre as consequências da continuidade das ações praticadas pelo atual governo, o texto foi divulgado na manhã desta quarta-feira (8) no Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (USP).



Assinaram o manifesto os ex-ministros dos governos Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso, Lula, Dilma Rousseff e Michel Temer. Eles afirmam que o atual ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, estaria descumprido a Constituição.

Segundo o documento, o desmonte das ações de fiscalização contra o desmatamento ilegal na Amazônia coloca em risco a continuidade do combate ao crime organizado e à corrupção presentes nessas ações.

“Estamos diante de um risco real de aumento descontrolado do desmatamento na Amazônia. Os frequentes sinais contraditórios no combate ao crime ambiental podem transmitir a ideia de que o desmatamento é essencial para o sucesso da agropecuária no Brasil. A ciência e a própria historia recente do País demonstram cabalmente que isso é uma falácia e um erro que custará muito caro a todos nós”, diz trecho do comunicado.

Com informações do Estadão