Notícias de Última Hora

Prefeito de Nova York e esposa envolvidos em escândalo milionário


Um escândalo envolvendo o sumiço de milhões em verbas públicas da cidade de Nova York envolve o prefeito Bill de Blasio e sua esposa.


Chirlane McCray, esposa do prefeito de Nova York, Bill de Blasio, não conseguiu explicar onde estão os US$ 850 milhões dados pela prefeitura ao programa de saúde mental que ela organiza.

Quando questionados por jornalistas, eles não conseguiram explicaram a gastança de dinheiro público, pois não há registros concretos de como os valores foram investidos.


Nos três anos de operação, os organizadores do ThriveNYC não conseguiram manter registros das realizações da iniciativa – e os dados coletados mostram que estão muito aquém dos objetivos.

Apesar disso, o programa recentemente recebeu um orçamento ainda maior e está agora a caminho de gastar US$ 1 bilhão em cinco anos.

Os dados vêm de um relatório do jornal americano Politico, que mostra que aqueles que administram o esquema não conseguiram medir seu impacto nem acompanhar os gastos.

A ThriveNYC disse que desenvolveu uma lista de 417 métricas para medir a eficácia do programa, contudo, após a equipe do Politico avaliar o impacto das medidas até agora, os dados apresentaram uma intensa fragmentação e mostraram uma imagem bastante frágil.



Por exemplo, como parte do programa, 29 hospitais concordaram em rastrear quase 78.000 novas mães sofrendo com depressão pós-parto a cada ano.

Mas, ao longo de dois anos, entre 2016 e 2018, o hospital fez uma triagem de pouco mais de 28.000 pacientes e apenas 570 receberam ajuda, uma fração mínima do esperado.

Talvez se, ao invés de ofender a população do Brasil, o prefeito esquerdista de Nova York estivesse cuidando das contas públicas, escândalos como este não virariam manchetes em jornais.

Fonte: Renova Mídia