PMA - VT EXPOALTA 2019

PMA - VT EXPOALTA 2019 YouTube: https://youtu.be/i_JJWLt3mHk

Posted by TV Cidade News on Thursday, October 10, 2019

Notícias de Última Hora

Cientistas descobrem dois planetas com chances de abrigar vida

Encontrar exoplanetas capazes de acolher vida é um dos grandes desafios da astronomia


Uma equipe internacional de cientistas descobriu dois planetas com grandes chances de abrigar a vida. Ambos são similares à Terra e podem ter água em estado líquido em sua superfície.


Realizada por pesquisadores da Universidade de Göttingen, na Alemanha, a descoberta só foi possível graças ao CARMENES, um projeto que desde 2016 procura planetas ao redor de estrelas próximas com a ajuda de um espectrógrafo instalado no telescópio de 3-5 metros do Observatório de Calar Alto, na cidade de Almería, sudeste da Espanha.


Com este instrumento e as imagens obtidas por outros dois telescópios, os cientistas puderam estudar em detalhes a estrela Teegarden, uma anã vermelha fria situada a apenas 12,5 anos-luz do nosso Sistema Solar.

Projeto CARMENES
“A Teegarden só tem 8% da massa solar. É muito menor e menos brilhante que o Sol. De fato, apesar de estar tão perto da Terra, só foi descoberta em 2003”, explicou o pesquisador Ignasi Ribas, coautor do estudo.

O primeiro exoplaneta tem uma massa similar à da Terra e orbita a estrela a cada 4,9 dias, enquanto o segundo completa sua órbita em 11,4 dias, “que é o que dura o seu ano, ou seja, estão muito mais próximos da sua estrela do que a Terra está do Sol”.


“O Teegarden b, o mais interno, recebe 10% mais de luz que nós do Sol, por isso acreditamos que talvez esteja quente demais e talvez não tenha água, mas isto é uma especulação, pois há aspectos dos sistemas climáticos que desconhecemos e que poderiam permitir a presença de água líquida”, explicou Ribas.

O segundo, Teegarden c, está no meio da região habitável, o que significa que sua temperatura na superfície está entre zero e cem graus: ou seja, poderia perfeitamente ter água na superfície.

Com informações da segundo agência EFE