Notícias de Última Hora

Lula da Silva vira réu por corrupção mais uma vez


Caso envolve suposto pagamento de propina da Odebrecht em troca de favorecimento do governo federal.


Justiça de Brasília aceitou denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) e tornou réus o ex-presidente Lula da Silva, os ex-ministros Antônio Palocci e Paulo Bernardo e o empresário Marcelo Odebrecht.

Lula, Palocci e Bernardo são suspeitos de terem recebido propina da empreiteira Odebrecht em troca de favores políticos.



De acordo com a acusação, a empresa prometeu a Lula, em 2010, R$ 64 milhões para ser favorecida em decisões do governo. O montante teria sido colocado à disposição do Partido dos Trabalhadores (PT).

Segundo a denúncia, uma das contrapartidas solicitadas pela Odebrecht seria interferência política para elevar para R$ 1 bilhão um empréstimo concedido a Angola pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

No despacho assinado nesta quarta-feira (5), o juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília, destacou que “a peça acusatória está jurídica e formalmente apta e descritiva” e, inclusive, contém vídeos, mensagens de e-mails, planilhas, relatórios policiais e outros documentos.

Com informações do G1