DESTAQUE I

EVENTOS - DIA DAS CRIANÇAS NA PRAIA NASCENTE DO SOL - VICINAL 13

DIA DAS CRIANÇAS NA PRAIA NASCENTE DO SOL - VICINAL 13 Assista também no YouTube: https://youtu.be/eN8n1AFFsDY

Posted by TV Cidade News on Sunday, October 13, 2019

Notícias de Última Hora

Obra recebe críticas por conta da demora na conclusão em Altamira

Previsão inicial era de 30 dias, mas além do vandalismo, as equipes tiveram que lidar com o roubo de equipamentos

Foto: Kaio Marcellus/Xingu230
Uma obra gigantesca promete pôr um fim na buraqueira ao redor das rotatórias, em Altamira. O trabalho iniciado há quase um mês está recuperando essas estruturas, e substituindo asfalto por concreto armado. Cinco rotatórias estão passando por reparos, trabalho que deve ser concluído até o final do mês. Mas apesar da necessidade, e da urgência do serviço, a obra vem recebendo críticas por ter “trancado” o trânsito na cidade.


Que a obra é necessária, ninguém duvida. Mas, segundo os parlamentares, o planejamento não foi adequado, e por conta disso, o trânsito ficou complicado durante todo o dia, e não apenas em horários de pico, como de costume. Durante a sessão desta terça-feira (11), vereadores da oposição, e da bancada do governo, pediram que algo seja feito para minimizar os transtornos à população, que segundo eles, está chegando aos gabinetes, em forma de reclamação.

O trabalho iniciado no mês de maio tinha a previsão de ser concluído em no máximo 30 dias, mas uma série de problemas atrapalhou o cronograma, incluindo atos de vandalismo, que exigiram reposição de material, e até a recuperação de áreas destruídas. Outro problema detectado pelas equipes, foi o furto de sinalização registrado nos pontos onde há equipes trabalhando. A sinalização utilizada pelo Demutran – Departamento Municipal de Trânsito, para isolar a obra e ajudar os motoristas e pedestres a identificar o local, foi levada, ou destruída.


Para o secretário de infraestrutura do município, as críticas quanto a demora na conclusão do trabalho já eram esperadas. Segundo ele, o concreto ou cimento, é um material que exige atenção especial para ser aplicado, e pela quantidade que está sendo utilizada, o tempo para secagem leva de 15 a 28 dias, um período que não pode ser evitado. “Nós precisamos seguir as regras exigidas para o uso desse material, não sou eu, ou a equipe que decide, é o fabricante, e as normas aplicadas ao uso do produto em todo o país, se nós não respeitarmos esse período, ele não vai secar adequadamente, e o trabalho poderá ser perdido”, declarou Alexandre Bosatto.

O secretário explica que cada rotatória recebe cerca de dez caminhões com material, cada um deles contendo cerca de 8m³ de concreto, algo em torno de 16 toneladas por camada. Como o tempo estimado para secagem (cura) do concreto é longo, as equipes optaram por fazer o trabalho nas cinco estruturas ao mesmo tempo, para evitar que a obra se prolongasse, e só fosse concluída no final do ano. “A gente entende que uma obra como essa incomoda, que causa transtornos, mas nós pedimos a compreensão de todos, nós estamos fazendo um trabalho bem feito, que vai durar muitos e muitos anos”, disse.

Por Karina Pinto | Seminf