Notícias de Última Hora

Bebê nasce bêbado e morre após mulher tomar uma garrafa de uísque durante o parto


Em Minnesota, nos Estados Unidos, uma menina recém-nascida morreu pouco após o parto, por apresentar alto contingente de álcool no sangue. A quantidade do componente no corpo da criança era proporcional ao triplo do permitido para adultos dirigirem nos EUA.


De acordo com o jornal britânico Metro, o caso aconteceu em dezembro de 2018, mas só agora foi divulgado, já que, na última sexta-feira, a mulher foi acusada de homicídio culposo pela Justiça. A mãe da criança, Rianna Marie Cameron, de 29 anos, estava com 34 semanas de gravidez quando tomou mais de um litro de uísque e, embriagada, pariu a criança em casa.

Socorristas que foram chamados para a casa da mulher encontraram o recém-nascido deitado no chão junto aos pés da mãe, com o cordão umbilical ainda preso. Segundo a emissora Kare11, a recém-nascida estava azul, com os olhos fechados e aparentemente sem respirar.


A equipe de emergência tentou reanimar a criança, que foi levada ao hospital, mas não resistiu. A causa da morte foi uma combinação entre intoxicação por excesso de álcool, e falta de cuidado após o nascimento.

A mãe Rianna, que tem um histórico de dependência do álcool, foi acusada de homicídio culposo porque assumiu o risco pela morte da criança quando ingeriu uísque enquanto paria. A mulher tem outro filho, que foi tirada de sua guarda temporariamente desde que o caso aconteceu.

Fonte: Rede TV