SBT BRASIL NOVO - ENTREVISTAS - SOLIMAR MACHADO NOVO SEC DA SEMMA

ENTREVISTA DE SOLIMAR MACHADO SEC. DA SEMMA Assista no YouTube: https://youtu.be/QUaizCWwpKc

Posted by TV Cidade News on Friday, August 23, 2019

Notícias de Última Hora

Belo Monte aciona sua 14ª Unidade Geradora e se torna a maior hidrelétrica 100% brasileira

Com acionamento da nova unidade, a usina passa a operar com 8.788,5 megawatts de potência instalada, ultrapassando a capacidade de geração da Usina de Tucuruí e a parte brasileira de Itaipu


A Usina Hidrelétrica Belo Monte, localizada em Vitória do Xingu, no sudoeste do Pará, deu mais um passo rumo à sua plena operação, prevista para o último trimestre deste ano. Na manhã desta quarta-feira, 17, o empreendimento acionou a 14ª Unidade Geradora (UG) da Casa de Força Principal em solenidade marcada pela presença do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, do diretor-presidente da empresa Norte Energia, Paulo Roberto Ribeiro Pinto, do diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone e do presidente da Eletrobrás, Wilson Ferreira Junior.


Com a entrada em operação da 14ª Unidade Geradora da Casa de Força Principal da Usina, Belo Monte passa a dispor de 8.788,5 megawatts (MW) de potência instalada (14 turbinas que alcançam 8.555,4 MW, somadas às seis unidades geradoras da Casa de Força Complementar, que totalizam 233,1 MW), superando a capacidade de geração da Usina de Tucuruí (8.535 MW) e a contribuição da parte brasileira de Itaipu (7.000 MW). Será a conclusão de um ciclo de nove anos de implantação e investimentos estimados em R$ 40 bilhões. Em sua totalidade operacional, a energia gerada pelo empreendimento atenderá a 60 milhões de brasileiros, considerando-se consumo residencial, por meio do Sistema Interligado Nacional (SIN).


Durante a solenidade oficial, o ministro Bento Albuquerque destacou a importância do momento para o setor elétrico brasileiro e anunciou a presença do presidente Jair Bolsonaro em Belo Monte. “Para se ter uma ideia da importância de Belo Monte para o país, uma única unidade como a UG 14 é capaz de alimentar uma cidade de 1,5 milhão de habitantes. Isso demonstra que estamos vivendo um momento único, construído a partir de diálogo constante com todas as esferas, inclusive junto ao Congresso Nacional. O presidente Jair Bolsonaro reconhece a contribuição do empreendimento para o Brasil e já sinalizou sua presença, aqui em Vitória do Xingu, em novembro deste ano, no acionamento da última turbina”, observou Albuquerque.



Para o diretor geral da Aneel, André Pepitone, “a Norte Energia se mostra como um corpo operacional capaz de construir a maior usina hidrelétrica brasileira, gerando energia de forma limpa e com capacidade de abastecer todo o país”. Já para Wilson Ferreira, presidente da Eletrobrás, a UG 14 representa um avanço. “Se trata de um empreendimento que chegou a gerar 40 mil empregos e que, ainda hoje, continua desenvolvendo toda uma região, ao passo em que contribui para o desenvolvimento do setor elétrico brasileiro”, pontuou.


O senador Zequinha Marinho, atual presidente da Subcomissão Parlamentar que fiscaliza as obras da UHE Belo Monte, também integrou a comitiva parlamentar e destacou o valor energético gerado no Pará. “Sediar a maior usina 100% brasileira representa um orgulho aos paraenses”, destacou Marinho. Já para o deputado federal Joaquim Passarinho, que preside a Subcomissão de Mineração e que também compôs a comitiva, “Belo Monte já se destaca como um patrimônio do Brasil”.

“Belo Monte constrói uma história muito importante no setor elétrico brasileiro e não podemos deixar de considerar os aspectos ambientais e como temos contribuído no desenvolvimento regional, principalmente na região amazônica, com projetos relevantes na área socioambiental, seja para a população local, ribeirinha ou indígena”, destacou o diretor-presidente da Norte Energia, Paulo Roberto Ribeiro Pinto durante pronunciamento. Ainda de acordo com o executivo, o empreendimento traz segurança ao Sistema Elétrico Nacional. “A partir de novembro, Belo Monte injetará uma capacidade na ordem de 11 mil megawatts, atingindo as metas de um projeto tão importante como este”, reiterou.


Cerca de 1.900 trabalhadores estão envolvidos neste trabalho, que acontece em ritmo intenso. O objetivo é assegurar a conclusão de todo o processo de montagem no início do último trimestre deste ano. As outras quatro Unidades Geradoras restantes estão em processo de montagem avançada, sendo que a UG 15 deverá estar operando no próximo mês.


Potencial confirmado

No chamado “período úmido”, representado por cinco ciclos de faturamento consecutivos (dezembro de um ano a abril do ano seguinte), Belo Monte já pôde mostrar seu potencial. Gerou 19.064.372,74 MWh e por muito pouco não superou sua produção ao longo de todo o ano de 2018 (19.210.973,264 MWh).

Com isso, contribuiu com a manutenção do nível de reservatórios da região Nordeste, algo que não se via desde 2012, e com o abastecimento da região Sudeste, onde se concentram importantes setores produtivos do país.

Com informações da Assessoria de Imprensa, Norte Energia SA | UHE Belo Monte