Notícias de Última Hora

Centro de Perícias encerra trabalho de necropsia em Altamira

Após a conclusão célere do trabalho, 27 corpos foram identificados e liberados às famílias

Foto: Karina Pinto/Xingu 230
O Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, por meio do Instituto Médico Legal (IML) e do Instituto de Criminalística, encerrou, no início da noite desta quarta (31), o trabalho de necropsia nos corpos dos 58 mortos no Centro de Recuperação Regional de Altamira. Após a conclusão célere do trabalho, 27 corpos foram identificados e liberados às famílias.

Para fazer a identificação dos outros 31 cadáveres, será necessária a coleta de material para exame de DNA. Como forma de garantir agilidade no trabalho, o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves deslocou de Belém para Altamira a equipe do Núcleo Avançado de Investigação Pericial Especializada (Naipe), que dá apoio à equipe de médicos legistas envolvidos na força-tarefa.

O trabalho foi realizado por peritos criminais e peritos médico legistas da própria Unidade Regional de Altamira; um perito odontologista forense, que foi deslocado de Belém; e uma equipe de peritos criminais do Laboratório de Genética Forense, do Instituto de Criminalística (IC), que realiza os exames de DNA.

Por Karina Pinto com informações da Ascom Gov PA