Notícias de Última Hora

Lua será plataforma de lançamento para exploração espacial

Humanidade vai usar a Lua como plataforma de lançamento para exploração espacial


A comunidade científica internacional planeja explorar a Lua por meio de uma estação espacial, que servirá também de possível porta de acesso à jornadas mais longas.


Situada a quase 400 mil quilômetros de distância da Terra, a estação lunar, batizada como Gateway, será composta por seis módulos com um peso de cerca de 40 toneladas.


O diretor-geral da Agência Espacial Europeia (ESA), Jan Wörner, afirmou que a Gateway será uma espécie de “ponto de ônibus”. De lá, será possível descer à superfície lunar ou seguir rumo a missões em pontos mais distantes do espaço.

Uma ilustração atualizada do projeto da estação lunar Gateway divulgada pela NASA em 11 de março
Os astronautas poderão permanecer no local por até 90 dias. A ideia é que a Gateway servirá apenas como uma base temporária para missões tripuladas e robóticas.

O diretor-geral da ESA diz que o conhecimento adquirido na Lua pode ajudar os cientistas a entender melhor a origem e as mudanças da Terra.



Além disso, os pesquisadores querem entender se materiais extraídos do solo lunar podem ser utilizados como combustível para futuras missões espaciais.

Os Estados Unidos, principais apoiadores do projeto, querem lançar o primeiro componente da Gateway em 2022.

A NASA afirma que a Gateway estimulará o desenvolvimento de tecnologias avançadas, expandirá a economia em torno de missões espaciais e possibilitará que os humanos sigam se beneficiando das descobertas feitas por astronautas e cientistas fora da Terra.

Com informações da agência EFE