DESTAQUE I

EVENTOS - DIA DAS CRIANÇAS NA PRAIA NASCENTE DO SOL - VICINAL 13

DIA DAS CRIANÇAS NA PRAIA NASCENTE DO SOL - VICINAL 13 Assista também no YouTube: https://youtu.be/eN8n1AFFsDY

Posted by TV Cidade News on Sunday, October 13, 2019

Notícias de Última Hora

Na Bahia, Bolsonaro diz amar o Nordeste e ter filha com sangue de ‘cabra da peste’

Presidente exaltou igualdade entre brasileiros e negou preconceito regional

Presidente da República Jair Bolsonaro ao inaugurar Aeroporto Glauber Rocha em Vitória da Conquista, na Bahia. Foto: Alan Santos/PR
Ao inaugurar nesta terça (23) o novo Aeroporto de Vitória da Conquista, no interior da Bahia, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) declarou que ama o Nordeste, que tem sangue de “cabra da peste” na família. E disse que faz um governo sem divisão por região.


“Eu amo o Nordeste. Afinal de contas, a minha filha tem em suas veias sangue de cabra da peste. Cabra da peste de Crateús, o nosso estado mais para cima, o nosso Ceará. Não estou em Vitória da Conquista. Não estou na Bahia, nem no Nordeste. Estou no Brasil. Não há divisões entre nós: [por] sexo, raça, cor, religião ou região. Somos um só povo, uma só raça, um só ideal e um só objetivo: colocar esse grande país no lugar de destaque que ele merece”, disse o presidente, no discurso para uma plateia de convidados.


Alimentando a disputa pela paternidade da obra de R$ 105 milhões, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), não apareceu no evento e vetou a participação da Polícia Militar da Bahia na segurança do ato de inauguração. A obra executada em parceria com a União, com mais de 70% de recursos federais, e mais R$ 31 milhões de recursos estaduais.


O aeroporto foi batizado pelo Governo da Bahia com o nome do cineasta baiano Glauber Rocha (1939-1981), cuja filha e cineasta Paloma Rocha também cancelou a participação que faria na inauguração do aeroporto, em protesto contra o que chamou de ameaça do governo Bolsonaro ao cinema nacional e à Ancine (Agência Nacional de Cinema).

Nascido em Vitória da Conquista, onde passou parte da infância, Glauber foi um dos idealizadores do Cinema Novo e dirigiu filmes como “Terra em Transe” e “Deus e o Diabo na Terra do Sol”, este último indicado à Palma de Ouro no Festival de Cannes.

(Com informações da Agência Brasil e Folhapress)