Notícias de Última Hora

PT e PSDB também têm histórico de expulsões de políticos ‘infiéis’

Votações de Heloísa Helena, Babá e Luciana Genro contra Lula levaram à fundação do Psol


Além do PDT de Carlos Lupi e Ciro Gomes, que ameaça expulsar oito deputados federais que votaram a favor da reforma da Previdência, o PT e o PSDB também têm histórico de expulsões de dissidentes. A expulsão da então senadora do PT Heloísa Helena, em 2003, e dos deputados Babá, Luciana Genro e João Fontes deu origem ao PSOL, por exemplo. O PSDB expulsou o senador Álvaro Dias, em 2002, por assinar pedido de criação da CPI da Corrupção no governo FHC.


Os petistas foram expulsos por se posicionarem contra propostas do então governo Lula. Heloísa votou contra 19 vezes antes da expulsão.

Em 1985, três deputados do PT votaram em Tancredo Neves no Colégio Eleitoral e, após pressão do partido, tiveram de pedir para sair.



Cinco deputados do PSDB assinaram a PEC do 3º Mandato em 2009, que beneficiava Lula. Tiveram de retirar os nomes para evitar expulsão.

Duas importantes figuras do PT e do PSDB, Lula, condenado e preso, e Aécio, investigado, até agora não foram expulsos dos partidos.


A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.