Notícias de Última Hora

TCU quer saber se COAF está analisando finanças de Greenwald

TCU pede que Guedes envie uma cópia do processo contra Greenwald, caso ele exista, e os fundamentos de uma eventual análise do COAF


O ministro Bruno Dantas, do Tribunal de Contas da União (TCU), determinou que o ministro da Economia, Paulo Guedes, responda em 24 horas se o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) está analisando as movimentações financeiras do ativista norte-americano Glenn Greenwald.

O presidente do COAF, Roberto Leal, também foi convocado a prestar depoimento sobre o uso do conselho para monitorar as finanças do editor e cofundador do site panfletário Intercept, que está divulgando material obtido ilegalmente contendo supostas mensagens privadas envolvendo o ministro da Justiça, Sergio Moro, e integrantes da Operação Lava Jato.


A decisão atende a pedido do subprocurador-geral Lucas Rocha Furtado, do Ministério Público de Contas. Segundo Dantas, a possibilidade de o COAF ter sido usado para investigar Greenwald representa “elevado risco institucional”.

Na manifestação, o subprocurador afirmou que a possível devassa feita pelo COAF teria o objetivo de, “mediante perseguição e abuso de poder, intimidar o jornalista, que divulgou diversas conversas e trocas de mensagens entre magistrados e procuradores que atuaram na força tarefa da Lava Jato”.

Com informações da revista Época