Notícias de Última Hora

Bolsonaro: ‘Não temos nada contra o G7, temos contra um presidente do G7’

O presidente participa de audiência com os governadores da Amazônia Legal

Marcos Corrêa/PR
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse, nesta terça-feira (27), durante um encontro com os governadores da Amazônia Legal, que não tem nada contra o G7, grupo que reúne os países mais industrializados do mundo. Segundo ele, o problema é apenas “contra um presidente do G7”, em referência ao francês Emmanuel Macron, com quem tem trocado farpas nos últimos dias.

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

“Não temos nada contra o G7, muito pelo contrário, temos contra um presidente do G7, porque sabemos a sua intenção”, afirmou, em referência a fala de Macron sobre “internacionalizar” a Amazônia. Durante a reunião, Bolsonaro leu uma nova declaração do presidente francês que, segundo ele, disse que é preciso “construir esse novo direito internacional do meio ambiente.”

“Ele baixou o tom um pouquinho, mas nós não podemos ficar só na retórica. A última palavra vai ser desse cara aqui do lado [ministro da Defesa, Fernando Azevvedo], se nós podemos fazer frente contra essa assanha que, há algum tempo, desde 1991, eu acompanho contra o nosso território”, continuou Bolsonaro, acrescentando que essa “guerra está acima dos estados. É nossa, do Brasil.”



O presidente brasileiro leu, ainda, uma segunda declaração de Macron, que afirmou que é preciso “construir uma boa governança internacional”. Bolsonaro rebateu à critica lendo, também, uma publicação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no Twitter.


“Já pude conhecer bem o presidente Bolsonaro em minhas tratativas no Brasil. Ele está trabalhando duro quanto aos incêndios no Brasil. Em todas as áreas, ele está fazendo um grande trabalho pelo povo brasileiro. Não é fácil – ele e seu país tem inteiro e absoluto apoio dos EUA“, escreveu Trump, a quem Bolsonaro disse ter “profundo apreço”.

Por Jovem Pan