Notícias de Última Hora

Boris Johnson denuncia complô para tentar bloquear Brexit

O novo premiê britânico demonstrou disposição para sair da UE mesmo sem acordo com o bloco econômico


O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, classificou os políticos que ainda tentam bloquear o Brexit como “colaboracionistas”, envolvidos num “terrível” conluio com a União Europeia para minar a posição do Reino Unido.

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

O termo “colaboracionista” tem uma carga histórica pesada para os britânicos. A palavra era usada para definir as pessoas que cooperavam com a Alemanha Nazista na Segunda Guerra Mundial.

Horas antes, o ex-ministro das Finanças, Philip Hammond, afirmou que o Parlamento bloqueará um Brexit sem acordo caso o primeiro-ministro tente forçar a saída da UE no dia 31 de outubro.



“As pessoas por trás disto sabem que desta forma não haverá acordo. O Parlamento opõe-se claramente a uma saída sem acordo, e o primeiro-ministro deve respeitar isto”, afirmou Hammond.

Ao responder perguntas de jornalistas, Johnson rebateu as declarações dizendo que “há uma colaboração terrível entre os que pensam que podem bloquear o ‘Brexit’ no Parlamento e os nossos amigos europeus”.


Com informações do site Público