Notícias de Última Hora

Haddad é condenado a prisão por caixa dois na campanha à prefeitura de São Paulo

Segundo a sentença, empreiteira UTC, envolvida na Lava Jato, pagou por material de campanha do petista

 (Foto: Rafael Vieira/Código19/Folhapress)
O ex-candidato do PT à Presidência da República Fernando Haddad foi condenado pela justiça eleitoral a 4 anos e 6 meses de prisão por caixa dois durante a campanha para prefeito de São Paulo, em 2012. De acordo com o juiz Francisco Carlos Inouye Shintate, Haddad também terá que pagar 18 salários mínimos.

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

A defesa do petista afirma que vai recorrer da decisão. Segundo os advogados, a condenação “apoiou-se apenas na delação premiada de Ricardo Pessoa”, dono da empreiteira UTC, também envolvida na Lava Jato. A defesa alega que a UTC teria sido prejudicada por Haddad, “que cancelou seus contratos com a Prefeitura de São Paulo”.


De acordo com o processo, a empreiteiras usou recursos próprios para confeccionar material para a campanha do petista sem a devida declaração à justiça eleitoral. O dono da gráfica utilizada pra a impressão do material foi condenado a 9 anos e 9 meses de prisão, mais que o dobro da pena atribuída a Haddad.

Outro personagem da Lava Jato, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto também foi condenado a 10 anos de prisão no mesmo processo, mas pelos crimes de lavagem de dinheiro e ocultação de bens.


Fonte: Diário do Poder