Notícias de Última Hora

Macron diz que não pode deixar Bolsonaro destruir a Amazônia

“Respeitamos a sua soberania, mas no tema da Amazônia não podemos deixar que destrua tudo”, afirmou Macron


O presidente da França, Emmanuel Macron, voltou a atacar o seu homólogo do Brasil, Jair Bolsonaro, na noite desta segunda-feira (26).

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

Macron disse que Bolsonaro apoia “projetos econômicos nefastos para a floresta amazônica”, e avisou que não permitirá que o mandatário brasileiro “destrua tudo”.

Após o término da cúpula do G7 na cidade francesa de Biarritz, o presidente da França voltou a alertar que a atitude de Bolsonaro fará com que o acordo de livre-comércio entre União Europeia e Mercosul não seja ratificado.



“Não respeitou a sua palavra. No estado atual, não assinarei o acordo com o Mercosul”, disse Macron, que afirmou que o texto pactuado após 20 anos de negociações não contém “garantias suficientes”.

Macron reconheceu que não é possível considerar Bolsonaro responsável pelos incêndios florestais, mas ressaltou que o presidente brasileiro “apoiou projetos econômicos que são nefastos” para a Amazônia e “não foi claro sobre a reflorestação”.

Com informações do site UOL