Notícias de Última Hora

Macron volta a falar sobre a internacionalização da Amazônia

Macron volta a debochar da soberania dos países amazônicos ao falar sobre a questão da internacionalização da Amazônia


O presidente da França, Emmanuel Macron, voltou a provocar o governo do Brasil nesta segunda-feira (26) durante discurso na cúpula do G7, em Biarritz.

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

Segundo o site UOL, Macron completou sua apresentação deixando em aberto a questão sobre o status internacional da Amazônia caso um governo tome decisões contra os interesses do planeta:

“Associações, ONGs e atores, já há vários anos – por vezes alguns atores jurídicos internacionais – levantaram a questão para saber se podemos definir um status internacional da Amazônia.”

E acrescentou:

“Hoje, não é o caso da iniciativa que tomamos. Mas é uma questão que se coloca. Se um estado soberano toma, de forma clara, concreta, medidas que evidentemente se colocam em oposição ao interesse de todo o planeta. Há todo um trabalho jurídico, político a ser feito.”


A declaração foi recebida dentro do Itamaraty como mais uma provocação pública por parte do francês.

Em mensagem na rede social Twitter, o presidente Jair Bolsonaro declarou:

“Não podemos aceitar que um presidente, Macron, dispare ataques descabidos e gratuitos à Amazônia, nem que disfarce suas intenções atrás da ideia de uma ‘aliança’ dos países do G-7 para ‘salvar a Amazônia, como se fôssemos uma colônia ou uma terra de ninguém.”

Renova Mídia com in formações do site UOL