Notícias de Última Hora

Operação da PF mira núcleo financeiro de facção criminosa

Agentes da PF cumprem 55 mandados de busca e apreensão e 30 mandados de prisão


A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta terça-feira (6), a Operação Cravada, que busca desarticular o núcleo financeiro da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).



O braço do grupo criminoso é responsável pelo recolhimento, gerenciamento e emprego de dinheiro para financiamento de crimes nos estados do Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Acre, Roraima, Pernambuco e Minas Gerais.

Foram expedidos 55 mandados de busca e apreensão e 30 mandados de prisão, sendo que 8 deles contra pessoas que cumprem pena em presídios do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Até as 7h30, 18 pessoas foram presas.



De acordo com a PF, uma investigação identificou a existência de uma espécie de comando financeiro do PCC dentro da Penitenciária Estadual de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.

A comunicação do núcleo era feita por meio de bilhetes levados por parentes dos presos. O dinheiro arrecadado era utilizado para a compra de armas e drogas, ainda segundo a PF.


Com informações do site G1