Notícias de Última Hora

Paulo Guedes compara atuação de sindicatos ao nazismo

Ministro participou de seminário que debateu a necessidade da aprovação da MP da liberdade econômica


O ministro da Economia, Paulo Guedes, teceu duras críticas, nesta segunda-feira (12), aos sindicatos em atuação no Brasil.

Curte nossa página no Facebook e fique informado!

Durante participação em um seminário na sede do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, Guedes criticou a atuação de sindicatos no país, atribuindo a conduta destas entidades a práticas de líderes como Adolf Hitler e Benito Mussolini.

Ao falar sobre as mudanças necessárias nas relações trabalhistas, como a criação de uma “segurança jurídica” para os contratos, Guedes destacou que a conduta dos sindicatos é ligada a regimes totalitários:

“Eles [sindicatos] agem como Hitler, como Mussolini, que organizavam trabalhadores para defender os próprios interesses. Os sindicatos nasceram nos regimes totalitários e aqui sob a influência de uma ditadura brasileira.”


E, acrescentou:

“Já pensou se os cirurgiões decidissem parar em todo Brasil até terem seus salários reajustados em 10%? Isso é uma defesa de direitos ou um ataque à população brasileira?”

Com informações do site Metrópoles